ARTISTA/CIA/GRUPO/INSTITUIÇÃO: Companhia de Dança Siameses

ESPETÁCULO: Justine

RELEASE: Maurício de Oliveira vem explorando a criação de objetos através do “cutting paper”, num processo de mapeamento e de reflexão de um trajeto criativo que tem como ponto focal a criação coreográfica. A artista plástica inglesa Justine Smith também recorta papel para a criação de suas esculturas, utilizando o papel moeda de várias nacionalidades para moldar um mundo delicado e aparentemente frágil de formas da natureza como plantas e orquídeas raras. Questiona subversivamente os valores da nossa cultura e o enorme poder controlador incorporado no papel que se torna moeda circulante. Maurício de Oliveira se aproxima desta artista pela contiguidade do processo criativo do recorte de papel e toma o questionamento subversivo de Justine Smith como ponto de ignição para uma nova proposta coreográfica. A fragilidade e a delicadeza do papel recortado inspira multifacetadas moldagens de um corpo sobre o outro, formas vegetais sobre um indócil corpo animal e o corpo animal se moldando e se rebelando sobre outro corpo animal. Nos leva a perceber, na multiplicidade fraturada de significados, a possibilidade de, pela reflexão, desmantelar poderes cegos e controladores.

FICHA TÉCNICA: Direção e Coreografia: Maurício de Oliveira | Dramaturgia: Bergson Queiroz e Maurício de Oliveira | Intérpretes: Maurício de Oliveira e Rodrigo Rivera | Trilha Sonora: Hildur Gudnadóttir | Iluminação: Silviane Ticher | Figurino e Cenário: Maurício de Oliveira | Produção: Alessandra Herszkowicz – Tanza Produções | Duração: 40 minutos | Classificação: 14 anos

EVENTO: 17º Festival Cultura Inglesa

ACERVO DOADO POR: Maurício de Oliveira
we.digi - agência digital
Copyright © 2019 Todos os direitos reservados: Tanza